Header Ads

Últimas Notícias

Madeireira em Pirassununga que vendia madeira ilegal é autuada pela Polícia Militar Ambiental


Uma madeireira de Pirassununga foi autuada por irregularidades nas licenças ambientais, nesta quinta-feira (8), pela Polícia Militar Ambiental, durante a “Operação Madeira”.

Na empresa, localizada na  Av. Duque Norte, no bairro Jardim Elite, foram encontradas irregularidades no Documento de Origem Florestal (DOF), constatando a existência de 90 metros cúbicos de madeira nativa que foram vendidas de maneira ilegal em déficit no estoque. A madeireira foi autuada em R$ 27.000,00.

Após abertura de inquérito, o crime ambiental será apurado. A pena ao proprietário da empresa poderá variar de seis meses a um ano.


A Operação

A “Operação Madeira” tem o objetivo de coibir o comércio ilegal de madeira na cidade e verificar se as madeireiras trabalham de acordo com suas licenças ambientais. 

O DOF controla o transporte e armazenamento de produtos e subprodutos florestais de origem nativa e contém informações sobre a procedência desses produtos.

Todas as empresas que trabalham com o comércio são obrigadas a atualizar seus estoques para coibir a aquisição e venda de madeiras ilegais.
 O proprietário da madeira foi autuado por crime ambiental e multado ( Fotos: Policia Militar ambiental  )