Header Ads

Últimas Notícias

Temer decide disputar reeleição e avisa aliados que defenderá legado e reputação



Presidente afirmou a interlocutores estar disposto a defender legado na campanha e buscar novo mandato
Imagem: Pesquisa Google Imagens

Informações do Jornal Estadão
O presidente Michel Temer afirmou a pelo menos três interlocutores estar decidido a buscar em outubro um novo mandato, informa o BR18, novo site de notícias do Grupo Estado com foco na eleição.


Apesar da elevada rejeição apontada nas pesquisas, Temer entende que ninguém melhor do que ele será capaz de defender seu legado. Assessores entusiastas da reeleição avaliam que a recuperação da economia e outras medidas que o governo pretende adotar até o final deste atual mandato podem alavancar seus índices de aprovação.
A tendência dentro do Planalto é de que essa decisão por enquanto não seja anunciada em caráter oficial porque, conforme a legislação, o presidente pode concorrer à reeleição sem ser obrigado a deixar o cargo em abril, como acontece, por exemplo, com governadores e ministros. Com isso, evita também a politização das futuras ações de seu governo.
O Principal afetado pela decisão de Temer de concorrer à reeleição, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reafirmou ontem que baterá o martelo sobre entrar ou não na disputa até abril, prazo final para deixar o cargo.
PS. Deferente do PSDB e de FHC em 2002, que abandonaram a defesa do governo, Temer fará a defesa do seu governo, sem dúvida, muito melhor que o anterior.

Da redação Toni Oliveira / Pirassununga On