Header Ads

Últimas Notícias

Grupo agride repórter cinematográfico e auxiliar da EPTV na Rodovia Anhanguera

Auxiliar foi socorrido pelo resgate da concessionária Intervias. Câmera, microfone e carro de equipe da afiliada da TV Globo também foram destruídos após reportagem na tarde desta quarta (30).
Carro da reportagem da EPTV ficou destruído durante agressão em Leme (Foto: Arquivo Pessoal)


ma equipe de reportagem da EPTV Central, afiliada da TV Globo em São Carlos, foi agredida por um grupo na tarde desta quarta-feira (30), na Rodovia Anhanguera (SP-330), em Leme (SP). Um repórter cinematográfico e um auxiliar de externa ficaram feridos após serem atingidos com socos, pontapés e pauladas. O auxiliar foi socorrido pelo resgate da concessionária Intervias. Um boletim de ocorrência foi registrado e a polícia vai apurar os crimes de lesão corporal e danos.


A reportagem tinha acabado de fazer uma transmissão ao vivo no Jornal da EPTV 1ª Edição, por volta de 12h45, em uma passarela do km 188. Eles mostraram que a rodovia já havia sido liberada pelos caminhoneiros que estavam em greve.

Após o fim da transmissão, um grupo ainda não identificado foi até o local onde eles estavam, e iniciou as agressões.

Equipe se abrigou em casa
Reportagem da EPTV mostrava saída de caminhoneiros da Rodovia Anhanguera em Leme (Foto: Marlon Tavoni/EPTV)

A repórter Patrícia Moser conseguiu correr para uma casa, mas o repórter cinematográfico Marlon Tavoni e o auxiliar de externa Janesi Rigo foram agredidos pelos homens.

Eles conseguiram correr até residência onde a repórter estava e a Polícia Rodoviária foi ao local.

Tavoni e Rigo tiveram ferimentos pelo corpo e foram atendidos por uma ambulância da Intervias. O auxiliar de externa foi atingido na cabeça e, por isso, foi encaminhado para Araras para realizar exames.

Equipamentos destruídos

Câmera e microfone foram destruídos durante agressão em Leme (Foto: Arquivo Pessoal)
Uma câmera e um microfone foram destruídos. O carro da reportagem também foi atacado e teve vidros danificados e pneus rasgados.

Durante a transmissão da EPTV, homens aparecem atravessando a rodovia em direção à equipe, mas não é possível afirmar que eles foram os responsáveis pela agressão.

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Leme e os funcionários passarão por exame de corpo de delito.

Por G1 São Carlos e Araraquara