Header Ads

Últimas Notícias

Gecap e Gaeco participam da Operação Teia, de combate ao tráfico de animais no país

MPSP havia pedido à Justiça a concessão de mandados de busca e apreensão

Na manhã desta ultima terça-feira (5/6), o Ministério Púbico de São Paulo, por intermédio do Grupo Especial de Combate aos Crime Ambientais e de Parcelamento Irregular do Solo Urbano (Gecap), e do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou operação visando a combater o tráfico de animais.

A “Operação Teia” é resultado de investigações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), que conseguiu identificar os nomes de dezenas de pessoas que vendiam animais da fauna silvestre pela internet e que  usavam pseudônimos ou nomes falsos em páginas de redes sociais, especialmente no Facebook. 

Após o recebimento e análise das informações coletadas pelo Ibama durante meses, o Gecap instaurou procedimento investigatório criminal e pediu à Justiça a concessão de mandados de busca e apreensão, diante dos indícios da existência de associação criminosa atuando no Estado de São Paulo. 

A operação deflagrada conjuntamente em 15 Estados do território brasileiro contou, em São Paulo, com a atuação de promotores de Justiça, fiscais do Ibama, Polícia Militar Ambiental e 1ª e 2ª  Delegacias de Polícia da Divisão de Investigação sobre Infrações de Maus-Tratos a Animais e Demais Crimes contra o Meio Ambiente.

No total, foram cumpridos 34 mandados de busca e apreensão em todo território nacional, dos quais 27 foram concedidos pela Justiça de São Paulo para as regiões das cidades de São Paulo, Ribeirão Preto, Piracicaba, Santos e Sorocaba. Além disso, foram realizadas 86 ações de fiscalização, prisões em flagrante e apreensão de centenas de animais em cativeiro, como pássaros, anfíbios, répteis e aracnídeos.  

Os elementos de prova reunidos na ocasião serão analisados para a continuidade das investigações. 





Ministério Público do Estado de São Paulo