/> Resgate de cotas do fundo PIS/Pasep é liberado para todas as idades

Resgate de cotas do fundo PIS/Pasep é liberado para todas as idades

Foto Ilustrativa
Consulta às cotas já deveria ter sido liberada pela Caixa, mas, na manhã desta terça-feira, 5, a ferramenta ainda trazia informações limitadas. O saque para os cotistas depende de sanção presidencial e cronograma será divulgado em breve



A Caixa Econômica Federal deveria ter liberado, nesta ultima  segunda-feira, 4, a consulta às cotas dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) para beneficiários de todas as idades. até a manhã desta sexta-feira,8, no entanto, a ferramenta ainda trazia informações limitadas. 

Os filiados do programa que trabalharam entre os anos de 1971 e 1988, mas nunca sacaram os recursos, terão direito à retirada do dinheiro. A estimativa é que 25,3 milhões de pessoas tenham potencial para receber as cotas.

A Medida Provisória (MP) que libera o saque foi aprovada pelo Senado na última segunda-feira, 28. A retirada do dinheiro só era permitida àqueles com mais de 60 anos. Agora, a limitação da faixa etária deixará de existir até o dia 29 de junho (janela temporal), de acordo com o Ministério do Planejamento. A medida provisória também permite ao governo reabrir o prazo para saques até o dia 28 de setembro.

Dessa forma, após publicação da sanção presidencial (prevista para acontecer em breve), R$ 34,6 bilhões estarão disponíveis para retirada nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil (BB).

Segundo o Ministério, nos próximos dias haverá detalhamento dos cronogramas de saque para os cotistas. Os que tiverem contas-correntes na Caixa e no BB terão seus depósitos feitos automaticamente. Os demais farão a retirada nas agências. Os herdeiros dos cotistas também terão o direito assegurado. 

Para verificação do saldo, os trabalhadores de iniciativa privada devem acessar o site www.caixa.gov.br/cotaspis. No caso dos servidores públicos, a consulta pode ser feita pela página virtual www.bb.com.br/pasep. O BB também permite a checagem, através dos terminais de autoatendimento. 


Abono salarial 

Além das cotas, outro benefício pago pela Caixa e pelo Banco do Brasil é o abono salarial do PIS/Pasep. Os aproximadamente 2 milhões de trabalhadores que ainda não retiraram o pagamento referente ao ano-base 2016 têm até 29 de junho para fazê-lo. Caso a retirada não aconteça até o prazo limite, o dinheiro vai retornar para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). 

Os inscritos no programa (há, pelo menos, 5 anos) que trabalharam com carteira em 2016 (no mínimo por 30 dias), recebendo renda média mensal de até dois salários mínimos, têm direito ao abono. É necessário que esses trabalhadores estejam com todos os dados corretos na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2016.

Postagem em destaque

AFA tem sua primeira mulher instrutora de voo na aeronave T-27 Tucano