Header Ads

Últimas Notícias

Aeronáutica abre 279 vagas para Curso de Formação de Sargentos

Inscrições começam no dia 12 agosto e terminam no dia 10 de setembro

Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Jonathan Jayme
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Alle
A Força Aérea Brasileira (FAB) abre seleção com mais de 270 vagas para a segunda turma do Curso de Formação de Sargentos (CFS), com ingresso previsto para julho de 2019. As inscrições começam no dia 12 agosto e terminam no dia 10 de setembro. Para acessar as instruções específicas do exame de admissão, Clique Aqui  A taxa de inscrição é de R$ 60,00.


As vagas são destinadas a candidatos que atendam às condições e às normas estabelecidas nas instruções específicas. Para serem habilitados à matrícula no CFS 2/2019, os candidatos não devem possuir menos de 17 nem completar 25 anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula no curso e ter concluído, na data da validação documental da seleção, o Ensino Médio do Sistema Nacional de Ensino.
O processo seletivo é composto de provas escritas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e validação documental. As provas escritas ocorrerão no dia 25 de novembro de 2018.
Os aprovados em todas as etapas do exame de admissão e selecionados pela Junta Especial de Avaliação (JEA) deverão se apresentar na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), no dia 30 de junho de 2019, para habilitação à matrícula no curso que terá duração aproximada de dois anos. Durante o curso, o militar tem uma remuneração de R$ 1.010,00. Além do auxílio financeiro, os alunos contam com assistência médica e odontológica, alojamento e alimentação na Escola.
Após a formatura na instituição de ensino, o aluno será promovido à graduação de Terceiro-Sargento e será classificado em uma das Organizações Militares do Comando da Aeronáutica (COMAER), localizadas em todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.