Header Ads

Últimas Notícias

Atenção Pais, Quadrinho ensinando crianças a se enforcarem circula nas Redes Sociais

Parte da imagem que está circulando na internet
A história acompanhada de um desenho ganhou força nos grupos de WhatsApp na primeira semana de julho. De acordo com o texto amplamente espalhado, quem tiver criança em casa, que verifique o celular dela. Uma foto ensinando a criança a se enforcar, como se fosse uma brincadeira, estaria sendo compartilhada entre os pequenos. “A coisa é mais séria do que a gente pensa”, diz o texto.


“Bando de idiota sem noção”, dispara um usuário do Facebook. “Fiquei muito triste com esse quadrinho. Isso não deve ser incentivado”, completa outro internauta.
O alerta vem acompanhado de um desenho, uma ilustração “fofinha” de uma menina dando o passo-a-passo de um suicídio: Desde como dar os nós em uma corda até o passo final…
Leia também :  Policial Militar residente em Pirassununga, morre em acidente na Bandeirantes


Como surgiu:
O assunto já circula na web desde o começo de 2015, como podemos ver em publicações da época. Volta e meia esse desenho reaparece, mas apenas como uma brincadeira entre adultos.
A verdade é que a ilustração da menina sorridente ensinado a se enforcar surgiu das mãos do(a) ilustrador(a) Senbo Sama e foi publicada em sua conta (atualmente desativada) no site DeviantArt, em 28 de julho de 2009.
Na própria postagem o artista deixava bem claro que se tratava de uma brincadeira.


Dicas para o pais :
Em primeiro lugar recomenda-se aos pais que comecem por conversar abertamente com os seus filhos, alertando-os sobre o lado negativo da Internet e aconselhando-os a evitar os seus perigos. Orientar é sem dúvida melhor que proibir. Existem alguns meios de controlar a “navegação”, que podem restringir tudo aquilo que a criança pode ter acessado.
Recentemente, Bill Gates, o todo-poderoso fundador da Microsoft e criador do sistema operacional Windows, admitiu, em entrevista, que controla os passos virtuais de sua filha mais velha, de 10 anos de idade. Segundo Gates, diante da insistência da filha para acessar a internet, ele e sua esposa Melinda decidiram conceder à menina 45 minutos diários durante a semana de navegação de lazer, que podem ser usados para jogos saudáveis. Nos fins de semana, disse ainda ele, o limite é de uma hora.
Por isso sempre fique ligado, e converse muito com seu filho, para que esses perigos permaneçam longe dele. Todo cuidado é pouco quando o assunto é internet, e não adianta proibir, temos que conversar com as crianças.

Obs. não compartilhem a imagem

Curta a nossa Página: Pirassununga On
Jornalismo Pirassununga On I Toni Oliveira
#JornalistaToniOliveira #PirassunungaOn 

É proibida a reprodução total e parcial ou divulgação comercial sem a autorização prévia e expressa do autor (artigo 29). ® Todos os direitos reservado