Header Ads

Últimas Notícias

Facebook remove app que coletava dados de usuários em troca de vale-presentes

Imagem reprodução
O Facebook encerrou um programa de pesquisa de mercado um tanto quanto controverso, acusado de violar as diretrizes da Apple. O app em questão, chamado de Facebook Research, disponível para iOS e Android, fazia a coleta de dados de usuários voluntários, sendo em sua maioria adolescentes, o que acabou resultando na acusação de espionagem.


Em troca do acesso total de quase todos os dados de um smartphone, o serviço oferecia entre 13 e 35 vale-presentes mensais de US$ 20. O app fazia o monitoramento do telefone e da atividade na web, enviando os dados ao Facebook para pesquisas de mercado.
Resumindo, a rede social tinha acesso a mensagens privadas, e-mails, pesquisas na internet e atividade de navegação, fatores que não condizem com as políticas de bom uso da Apple, que proíbe a instalação dos certificados nos smartphones dos clientes.
Em comunicado, o Facebook afirmou que os principais fatos sobre o programa de pesquisa de mercado estão sendo ignorados:


"Ao contrário dos relatos, não havia nada de secreto sobre isso, era literalmente um aplicativo chamado Facebook Research. Não era espionagem pois todas as pessoas que se inscreveram para participar passaram por um processo claro de integração que pedia permissão, sendo pagas para participar. Finalmente, menos de 5% das pessoas que optaram por participar do programa de pesquisa de mercado eram adolescentes. Todos eles com formulários de consentimento assinados pelos pais".
O Facebook Research não está mais disponível na App Store e nem na Google Play Store.