Header Ads

Últimas Notícias

Bolsonaro tem febre e é diagnosticado com pneumonia, diz hospital

Presidente Jair Bolsonaro segue internado no hospital Albert Einstein em São Paulo (Instagram Jair Boslonaro/Instagram)
Novo boletim médico divulgado na tarde desta quinta-feira, 7, pelo hospital Albert Einstein mostra uma deterioração do quadro clínico do presidente Jair Bolsonaro. 
Segundo o documento, Bolsonaro teve febre durante a noite e os exames mostraram "imagem compatível com pneumonia". Ele foi submetido a tomografia. Com isso, está tomando novos antibióticos.


Ainda segundo o boletim, "foi realizado um ajuste na antibióticoterapia e mantidos os demais tratamentos. Continua sem dor, com sonda nasogástrica, dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral". Bolsonaro realizou exercícios respiratórios e caminhou no corredor. "Por ordem médica, as visitas permanecem restritas".


Segundo o porta-voz Otávio do Rêgo Barros, "o estado de saúde do presidente é o esperado dentro desse pico térmico que ele acometeu na noite de ontem. Por precaução os médicos fizeram exame de imagem, incluso tomografia por contraste. O pulmão tinha uma imagem que era compatível com pneumonia".
Na noite de domingo, o presidente teve elevação de temperatura (37,3ºC) e alteração de alguns exames laboratoriais, basicamente um aumento de leucócitos, o que levou ao início de um tratamento com antibióticos e ao adiamento da alta hospitalar, que segue sem data definida 

Veja a nota completa:

“São Paulo, 07 de fevereiro de 2019 – 17:05

O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, permanece internado na Unidade Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein.

Apresentou, ontem à noite, episódio isolado de febre sem outros sintomas associados, foi submetido à tomografia de tórax e abdome que evidenciou boa evolução do quadro intestinal e imagem compatível com pneumonia.

Foi realizado um ajuste na antibióticoterapia e mantidos os demais tratamentos. Continua sem dor, com sonda nasogástrica, dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral. Hoje, realizou exercícios respiratórios e caminhou no corredor.

Por ordem médica, as visitas permanecem restritas.
Médicos Responsáveis:

Dr. Antônio Luiz Macedo, cirurgião
Dr. Leandro Echenique, clínico e cardiologista”

Assista ao pronunciamento do porta-voz Otávio do Rêgo Barros:



Copyright © 2019, Toni Oliveira - Pirassununga ON, com Agências de noticias. Todos os direitos reservados