Header Ads

Últimas Notícias

Jornalista com sinais de violência é encontrado morto às margens do rio Tietê, em Guarulhos

Corpo de jornalista e professor foi encontrado às margens do rio Tietê, em Guarulhos, nesta terça-feira (19). — Foto: Arquivo Pessoal
O corpo do jornalista e professor Artur Carlos Rocha, de 39 anos foi encontrado morto as margens do rio Tietê em São Paulo, onde morava há cerca de 15 anos. A motivação da morte ainda está sendo investigada.


O jornalista estava desaparecido desde a última quinta-feira (14) e a família procurava por ele. As causas da morte ainda não foram esclarecidas. A Polícia Civil de Guarulhos, que investiga o caso, disse que ainda não vai dar mais detalhes sobre a morte para não atrapalhar as investigações. 

Câmeras de segurança locais devem ajudar nas investigações. Informações de jornais da cidade dão conta que ele teria sido assassinado porque havia sinais de violência em seu rosto. 

Artur era de vários movimentos sociais, professor de um cursinho comunitário e se candidatou ao cargo de vereador em Guarulhos, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), por duas vezes. Ele ficou para suplência nas duas eleições. 





( Copyright © 2019, Toni Oliveira - Pirassununga ON. Todos os direitos reservados )

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Pirassununga On no WhaTsApp (19) 9 8294-5155