No dia 28 de abril é celebrado o Dia da Proteção Animal e do Protetor de animais

(Crédito: Polícia Ambiental )
Proteger animais que sofrem maus-tratos ou são capturados e aprisionados ilegalmente. Estas são as prioridades daqueles que se dedicam à preservação da fauna e das diversas formas de vida animal.

Seja um animal selvagem ou mesmo um pet: para os protetores dos bichanos, todos aqueles que são vítimas de abuso, são passíveis de serem socorridos e resgatados.
Para reconhecer estes profissionais e também conscientizar a sociedade a respeito da importância em denunciar este tipo de crime, foi promulgado um projeto de Lei que instituiu o dia 28 de abril como Dia da Proteção Animal e do Protetor de Animais.
(Crédito: Polícia Ambiental )
Na segurança pública do Estado de São Paulo, a proteção aos animais pode ser feita de duas maneiras: por intermédio de denúncia junto a Depa (Delegacia Eletrônica de Proteção Animal) e também por meio do Disque Denúncia-Animal, serviço disponibilizado pela Polícia Militar.

“É uma satisfação ver que existe a preocupação em homenagear os profissionais que se dedicam diariamente em proteger os animais. Demonstra que a sociedade está interessada em erradicar este tipo de crime, em especial o crime de maus-tratos. A data também traz a reflexão sobre o problema, convida ao debate e promove a educação ambiental sobre o tema”, afirma o Tenente Guedes, da Polícia Militar Ambiental de SP. 

O defensor dos animais atenta para o papel fundamental que a população possui no combate a este tipo de violência. “O ato de denunciar é vital, porque os animais não são capazes de sair sozinhos da condição de maus-tratos ou do cativeiro ilegal. O denunciante é a voz desses animais e o seu gesto faz toda a diferença”, salienta o policial militar.

Serviço:

Todo cidadão que desejar denunciar o crime de maus-tratos poderá fazê-lo pelo número 0800-600-6428 (Disque Denúncia Animal) e pelo e-mail: ambientaldenuncias@policiamilitar.sp.gov.br.

Ou também, registrar uma ocorrência, eletronicamente, por intermédio da DEPA:www.ssp.sp.gov.br/depa/DEPA/Denuncia.