Header Ads

Últimas Notícias

Mais de oitocentos eleitores de Pirassununga têm títulos cancelados

Confira se o seu título de eleitor está entre os 3,4 milhões cancelados pelo STF
Foram cancelados 894 títulos de eleitor em Pirassununga. A medida atingiu os eleitores que não votaram nas últimas três eleições, onde cada turno conta como uma eleição. A relação foi fechada na última sexta-feira (24) pela Justiça Eleitoral.


É possível consultar a situação do título de eleitor acessando o Portal do TRE na área de “Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consulta por nome ou título”. 

CONSULTE AQUI

Para regularizar a situação,o eleitor deve comparecer no cartório no horário de atendimento: das 8 às 18 horas, de segunda à sexta-feira – na Rua Joaquim Procópio de Araújo, 1947,   Centro ,  munidos com documentos de identificação (identidade ou carteira de trabalho), o título de eleitor e um comprovante de endereço. Para o cidadão do sexo masculino que for votar pela primeira vez e tiver 18 anos, devem levar também a carteira de reservista.

Curta a Página do Pirassununga ON, e fique bem informado. 

Antes de ir ao cartório, é possível emitir o boleto da multa para pagamento no portal do TSE. Basta preencher o nome, data de nascimento, nome da mãe e do pai e imprimir o boleto para pagamento no Banco do Brasil.

FAÇA AQUI A EMISSÃO DO BOLETO

A emissão e o pagamento do boleto não são suficientes para a regularização. O eleitor deve apresentar o respectivo comprovante de quitação da multa no cartório eleitoral para concluir o processo e regularizar sua situação. O valor da multa para cada ausência é de R$ 3,51.

Veja também: Cartório Eleitoral de Pirassununga começa cadastramento biométrico obrigatório

A regularização do título eleitoral só será possível se não houver nenhuma circunstância que impeça a quitação eleitoral, como omissão de prestação de contas de campanha e perda ou suspensão de direitos políticos, por exemplo.

Penalidades

O eleitor que teve o documento cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, regularizar CPF, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.



A irregularidade também impossibilita a investidura e posse em cargo ou função pública; a renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e a prática de qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou Imposto de Renda entre outros.

Copyright © 2019, Toni Oliveira - Pirassununga ON. Todos os direitos reservados