Cobra estava nos fundos do restaurante  (Foto: Policia Ambiental/Divulgação)
Uma cobra jararaca foi resgatada aos  fundos de um restaurante no Distrito de Cachoeira de Emas em Pirassununga. Os policiais militares do Batalhão Ambiental foram acionados pelo proprietário, que viu a cobra se rastejando no quintal aos fundos do estabelecimento comercial. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (30).


Segundo a Policia Militar Ambiental,  existem cerca de 30 (trinta) espécies de  jararaca "Bothrops", distribuídas por todo o território nacional e são conhecidas popularmente por jararaca, ouricana, jararacussu, urutu-cruzeira, jararaca-do-rabo-branco, malha-de-sapo, patrona, surucucurana, combóia, caiçara e outras denominações.

Habitat da Jararaca

Estas serpentes habitam principalmente zonas rurais e periferias de grandes cidades, preferindo ambientes úmidos como matas e áreas cultivadas e locais onde haja facilidade para proliferação de roedores (paióis, celeiros, depósitos de lenha). Têm hábitos predominantemente noturnos ou crepusculares. Podem apresentar comportamento agressivo quando se sentem ameaçadas, desferindo botes sem produzir ruídos. Estão distribuídas por todo território nacional.  

De acordo com Lei 9.605/1998 em seu artigo 29  é crime: Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente ou em desacordo com a obtida. A pena é de seis meses a um ano de prisão, porém, como a sucuri consta da lista de espécie brasileira em ameaçada de extinção, a pena é aumentada de meio ano.

jararaca foi resgatada e depois foi solta em seu habitat natural.


A Cobra foi resgatada pela Policia Militar Ambiental  (Foto: Policia Ambiental/Divulgação)

Veja o Vídeo


Copyright © 2019, Toni Oliveira - Pirassununga ON. Todos os direitos reservados )