Header Ads

Últimas Notícias

Instituto Tecnológico de Aeronáutica está com inscrições abertas

Foto: Divulgação / ITA
Estão abertas as inscrições do concurso ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) para admissão ao curso de graduação em engenharia. O órgão fica na cidade de São José dos Campos, em São Paulo.


O edital conta com 120 vagas, sendo 25 para quem pretende seguir carreira no quadro de oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) e 95 para candidatos que não almejam permanecer na Aeronáutica após a formatura.

Podem participar jovens de ambos os sexos com idade até 24 anos (em 31 de dezembro de 2019) e ensino médio completo ou com conclusão prevista para ocorrer neste ano. Candidatos que não atendem a todos os requisitos têm a opção de concorrer como treineiros.

As inscrições podem ser registradas até 15 de setembro, mediante o preenchimento de formulário disponível no site http://www.vestibular.ita.br/. O valor da taxa é de R$ 140.

Provas
O processo seletivo envolve três fases. Na primeira delas, em 1 de dezembro, os concorrentes farão prova objetiva com 60 questões abordando conteúdos sobre português, inglês, matemática, física e química.

Para a segunda etapa do concurso ITA, foram programados dois dias de avaliação dissertativa em dezembro: 12 (abordando disciplinas de matemática e química) e 13 (física e redação).

Haverá aplicação em Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Juiz de Fora, Londrina, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo, Teresina e Vitória.

Os candidatos habilitados para a última fase serão submetidos à inspeção de saúde. Para isso, deverão comparecer ao ITA, no Auditório Lacaz Netto, em 12 de janeiro de 2020, a partir das 8h.


Opções de curso no ITA
De acordo com o edital do concurso ITA, a graduação em engenharia oferecida pelo instituto tem duração de cinco anos. Nos dois primeiros, todos os estudantes passam pelo curso fundamental.

Os três últimos anos são dedicados à formação profissional, quando os alunos optam pela área em que desejam se especializar em engenharia (aeroespacial, aeronáutica, civil-aeronáutica, de computação, eletrônica ou mecânica-aeronáutica).

A FAB (Força Aérea Brasileira) concede aos estudantes alimentação e bolsa estudo de R$ 1.176, conforme prevê a tabela de vencimentos dos militares das Forças Armadas.


Após a formatura, os alunos que optaram pela carreira militar serão promovidos a primeiro tenente e poderão servir em unidades da Aeronáutica em todo o território nacional. O cargo paga atualmente R$ 8.245.