Header Ads

Últimas Notícias

Pirassununga inaugura Seção de Vendas de alimentos produzidos pela USP


Localizada na frente da entrada principal do campus, a Seção de Vendas comercializa legumes, carnes e laticínios
A Seção de Vendas do Campus USP “Fernando Costa” funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h15 – Foto: Marcos Santos/USP Imagens
O campus da USP “Fernando Costa”, em Pirassununga, passa a contar com um espaço destinado à comercialização do excedente dos alimentos produzidos em atividades de ensino e pesquisa da Universidade de São Paulo. Na última sexta-feira (9), a prefeitura do campus inaugurou a Seção de Vendas do Laboratório Multiusuário de Pesquisa e Difusão de Produtos.


Vale destacar que o espaço comercializa legumes, hortaliças, carnes e laticínios produzidos pela instituição, além de proporcionar a divulgação, análise, demonstração e degustação dos produtos, que possuem registro no Serviço de Inspeção Estadual (SISP).
Veja também: 


“O aumento da produção vem ocorrendo naturalmente nos últimos anos, em decorrência do desenvolvimento da unidade que, além da implantação dos cursos de Engenharia de Biossistemas e Medicina Veterinária, também tem aumentado as pesquisas na área de produção animal, com apoio de agências de fomento e da iniciativa privada”, salienta o prefeito do campus, Arlindo Saran Netto, ao Jornal da USP.
Seção de Vendas do Laboratório Multiusuário de Pesquisa e Difusão de Produtos – Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Qualidade
De acordo com o prefeito do campus, a produção é resultado da implementação de novas técnicas e processos. Assim, os produtos apresentam qualidade diferenciada, que tem sido elogiada pelo público consumidor. A Seção de Vendas funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h15. A oferta e a variedade de alimentos dependem da produção do campus.
“A seção de vendas é um local de intercâmbio da USP com a cidade de Pirassununga, uma oportunidade para mostrar à comunidade o resultado do trabalho que desenvolvemos aqui, aperfeiçoando as técnicas de produção e aprimorando a qualidade dos alimentos, em benefício de toda a sociedade. A universidade é de todos os cidadãos paulistas”, enfatiza o reitor da instituição, Vahan Agopyan, ao Jornal da USP.


“Pirassununga foi a primeira cidade escolhida para a implantação do programa USP Municípios, lançado no ano passado com o objetivo de criar ambientes de inovação e pôr em prática projetos e ações que promovam o desenvolvimento de municípios e suas regiões”, ressalta ao Jornal da USP o vice-reitor da universidade, Antonio Carlos Hernandes.
Prestigiaram a inauguração dirigentes da USP, representantes da Câmara de Vereadores e da Prefeitura de Pirassununga – Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Em junho, foram realizados os primeiros dois cursos de capacitação profissional oferecidos pelo programa. Para o mês de agosto, já estão programados oito cursos nas áreas de produção de alimentos e meio ambiente.