Header Ads

Últimas Notícias

Uber faz campanha para promover ferramentas de segurança para usuários

Aplicativo Ubber ganha novidades — Foto: Reprodução
Com o mote “Segurança 5 Estrelas”, a campanha destaca, por exemplo, o pacote de recursos U-Check. Ele permite validar dados de passageiros, no sistema da Serasa Experian, e de motoristas, no Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) a partir de uma parceria com o Serpro.



Assim, a Uber pode verificar dados sobre CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) de motoristas. A empresa diz ainda que realiza uma checagem de antecedentes criminais por meio de uma companhia especializada em bancos de dados de todo o país.


Após o cadastro, algumas medidas são adotadas para evitar que motoristas aceitem corridas com contas contas de terceiros. Ocasionalmente, a Uber exige que os motoristas aleatórios enviem uma selfie para comprovarem que são os titulares da conta.

Os vídeos também promoverão recursos disponíveis. Para a diretoria-geral da Uber no Brasil, Claudia Woods, as ferramentas de segurança só são realmente efetivas quando todos as conhecem.

“Nesse sentido, dar maior visibilidade às novidades é fundamental: as pesquisas que realizamos internamente mostram que muitos dos recursos já oferecidos ainda são relativamente pouco conhecidos do público”, afirma.


Um desses recursos é o compartilhamento de trajeto em tempo real. Com ele, passageiros e motoristas podem cadastrar pessoas de confiança que terão acesso às informações sobre a viagem mesmo quando estiverem distantes.

Mesmo que o trajeto não seja compartilhado com outra pessoa, a Uber registra todas as viagens por GPS. A empresa também informa que as corridas tem seguro para acidentes pessoais e que os usuáriso podem acionar o 190 diretamente pelo aplicativo.



Para reduzir riscos aos motoristas, a Uber usa uma ferramenta que identifica riscos com base em viagens anteriores e bloqueia as que forem consideradas mais arriscadas, a menos que o passageiro dê mais detalhes de identificação.

Por outro lado, a empresa protege a segurança de passageiros ao impedir que motoristas vejam os pontos exatos de embarque e desembarque no histórico de viagens. A proteção também vale para números de telefone de passageiros e motoristas, que são mantidos em sigilo. (É expressamente proibida a reprodução total ou parcial, mesmo citando a fonte.)