Eleitores compareceram no ultimo dia do cadastramento  biométrico - Foto: Toni Oliveira / Pirassununga ON
Por Toni Oliveira @jornalistatonioliveira

O prazo para a realização do cadastramento biométrico obrigatório terminou nesta quinta-feira (19) em Pirassununga, e, 11.210 eleitores deixaram de fazer recadastramento.  Os eleitores que não fizerem o cadastramento terão o título cancelado e não poderão votar nas próximas eleições.


Segundo o TRE- Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, 11.210 mil eleitores não fizeram o recadastramento biométrico em Pirassununga. Dos 58.571 mil eleitores aptos a votar na cidade, 45.717 mil foram até o Cartório Eleitoral para a migração para o novo sistema de votação.

O eleitor que não efetuou o procedimento terá o título cancelado, o que gera consequências na vida civil, como impedimento para fazer empréstimos em bancos públicos, passaporte, matrícula em instituições de ensino superior.


Para a regularizar a situação, o eleitor deve agendar o atendimento e comparecer ao cartório com um documento de identidade oficial, comprovante de residência recente, e o título de eleitor, caso o tenha. 

O cidadão não será multado, com exceção daqueles que tiverem deixado de votar ou justificar a ausência às urnas. Neste caso, será cobrada uma multa de R$3,51 por turno faltante.É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo)