O Magazine Luiza vende em lojas físicas e online produtos de informática, móveis e eletrodomésticos  -  Reprodução/Instagram/@magazineluiza
Procon de São Paulo notificou nesta quarta-feira (9) a Magazine Luiza por conta de uma promoção de cupons de descontos que chegavam a R$ 1.000 divulgada pelo aplicativo da empresa. 

A repercussão da iniciativa movimentou as redes sociais e usuários começaram a acusar a varejista de fazer propaganda enganosa. As hashtags #FraudeMagalu e #MagaluCaloteira ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.
Em nota, a empresa informou por meio de nota que ofereceu 50 cupons de desconto aos primeiros clientes que finalizassem a compra no aplicativo da empresa e que, por causa de reclamações, ofereceu mais 500 cupons de desconto nas mesmas condições.
A empresa, então, decidiu distribuir mais 500 cupons com o mesmo valor. "A empresa, portanto, em respeito a seus clientes, decidiu multiplicar a ação por dez, mantendo todas as condições e regras iniciais. Essa nova leva de cupons também se esgotou rapidamente", disse.


Segundo a companhia, todos os prenomes, cidades de origem e produtos adquiridos pelos clientes que usaram os cupons oferecidos foram publicados no perfil da empresa no Twitter logo após o final da ação.
"Foram oferecidos e utilizados 567 cupons de desconto para todos os produtos vendidos e entregues pelo Magalu, adquiridos por usuários do app localizados em 280 cidades do país. Os preços finais dos itens comprados, já com o desconto, também foram divulgados. Todos esses dados, já tornados públicos pela empresa, serão devidamente apresentados ao Procon de São Paulo", afirmou.( Da redação Toni Oliveira - Pirassununga ON / É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo )

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Pirassununga On no WhaTsApp (19) 9 8294-5155